De uma forma simples: é o melhor tratamento de beleza que pode dar de presente ao seu cabelo.

O tratamento de óleo capilar – não soa ser muito impressionante, pois não? Provavelmente está já a imaginar um cabelo grotesco com uma mistela de óleo de cozinha. Existe aqui apenas uma pequena ponta de verdade: a aplicação de óleo no cabelo e no couro cabeludo mas não é um tipo qualquer de óleo tipo alimentar sendo a aplicação do produto feita em pequenas quantidades.

Está a utilizar óleos naturais para o tratamento – como substâncias extraídas de sementes, frutos e nozes ricas em nutrientes. Os óleos são normalmente extraídos de plantas exóticas em locais tropicais e regiões despovoadas no munto. Por vezes, os óleos tropicais agem como promotores de rejuvenescimento dependendo das flores em que são baseados. É a chamada maceração de que são feitos os – óleos poderosos com efeitos duradouros e eficazes.

Os óleos naturais funcionam muito bem quando os adiciona a qualquer tipo de cosmético mas são ainda melhores no seu estado puro. Os óleos mais populares são óleos de amla, argão, coco, jojoba, macadâmia e carité (em forma de manteiga).

Existem algumas coisas que são decisivas no poder não muito usual dos óleos naturais.

Primeiro, são abundantes em ácidos gordos, saturados, monoinsaturados e polinsaturados. Cada óleo tem as suas proporções ácidas individuais, o que determina a sua singularidade.

Segundo, os óleos mascaram o poder das vitaminas e dos micronutrientes que damos aos nossos cabelos e couro cabeludo durante os tratamentos de óleo.

Terceiro, estes têm fitosteróis – esteróis vegetais – que têm uma influência na pele e no cabelo pois estimulam as sínteses de colagénio e reduzem a dissolução de elastina. O resultado é um cabelo mais forte que se mantém jovem por muito mais tempo.

Quarto, partículas microscópicas dos óleos têm diferentes tamanhos pelo que precisamos de as ajustar para corresponderem à estrutura do nosso cabelo, ou porosidade (Mais informações sobre a porosidade do cabelo mais à frente no artigo).

Como …?Métodos de Tratamento de Óleo Capilar

Pode aplicar o óleo no seu cabelo através de vários métodos. O método mais eficaz e popular envolve deixar o óleo no seu cabelo o máximo tempo possível para que este possa mostrar o seu verdadeiro poder. Os óleos nutrem o cabelo à superfície e dentro dos folículos capilares. Ainda mais importante é o facto de que estes também servem de condicionador para o couro cabeludo dando mais força à raiz do cabelo. Em resultado, o seu cabelo é reparado nas partes mais importantes. A raiz do cabelo é uma espécie de coração do seu cabelo – funcionando como uma fábrica de produção de cabelo. Se esta não tem nutrientes, o cabelo fica mais fraco. Uma raiz extremamente fraca não consegue manter o cabelo pelo que este começa simplesmente a cair.

Os tratamentos normais de óleos que envolvam o cabelo, o couro cabeludo e a raiz são os melhores tratamentos reparadores. Estes reparam a beleza e os danos dentro do cabelo dando-lhes mais força a partir da raiz até às pontas. Tratamento de óleo intensivo consiste na aplicação de óleo no cabelo e couro enquanto seco ou húmido, deixando-o ficar várias horas (ou até mesmo a noite inteira), lavando-o com champô. Deve fazer o tratamento pelo menos uma vez por semana para que cheguem as doses necessárias de vitaminas, ácidos gordos e minerais valiosos à estrutura interna do cabelo. Os óleos vão mais além do que máscaras e condicionadores no que toca à reparação de cabelo.

Métodos de Tratamento de Óleo Capilar

 

Outros Métodos de Tratamentos de Óleo para o cabelo Populares Entre as Mulheres:

  1. Tratamento de óleo com cabelo seco – o óleo fica no cabelo e couro cabeludo durante algumas horas. Objetivo: reparação aprofundada do cabelo, raízes mais fortes, prevenindo a queda do cabelo.
  2. Tratamento de óleo com cabelo molhado – aplicação do óleo no cabelo molhado e couro cabeludo; melhor absorção. Objetivo: reparação intensa e refortalecimento do cabelo interiormente.
  3. Tratamento de óleo com condicionador – adiciona-se algumas gotas de óleo ao condicionador do cabelo e aplica-se a mistura no mesmo para intensificar os seus efeitos. Objetivo: nutrir e hidratar o cabelo, melhorar o efeito dos outros produtos para o cabelo.
  4. Tratamento de óleo depois de lavar – aplicação de uma pequena quantidade de óleo natural no cabelo, evitando o couro cabeludo. Deixar o óleo ficar e relembrar-se de que a quantidade que aplica deve ser mínima, para que não pese no cabelo. Objetivo: proteger o cabelo do calor, condicionando o cabelo.
  5. Tratamento de óleo para cabelo seco depois de lavar – aplicação de óleo ao cabelo depois de seco com o secador. Dependendo do condicionador do seu cabelo, deverá aplicar 2 ou mais gotas, apenas nas pontas do cabelo! Objetivo: melhorar o brilho, nutrir, suavizar e proteger.

Tratamento de óleo para o cabelo – Truques&Dicas

Seguem-se algumas dicas valiosas que gostará de saber para que obtenha os melhores resultados do seu tratamento de óleo para o cabelo.

CORRESPONDA SEMPRE O ÓLEO À POROSIDADE DO SEU CABELO

Se escolher um óleo que não seja o adequado, poderá estar a pôr muito peso no seu cabelo e desencadear um efeito frisado. Continue a ler para saber mais sobre a porosidade e como deve escolher um óleo adequado ao seu tipo de porosidade.

NÃO APLIQUE ÓLEOS A CABELOS MUITO OLEOSOS

Se o fizer, irá sobrecarregar a raiz do cabelo que já está demasiado pesada por si própria com o sebo natural do cabelo. Fará assim com que o cabelo possa começar a cair dos folíolos. Aplicar óleo ao cabelo lavado é uma boa solução.

LAVE POR COMPLETO O CABELO DE LACAS, MOUSSE E OUTROS PRODUTOS QUE UTILIZE PARA O ESTILO DO SEU CABELO…

… estes produtos agarram-se ao cabelo e podem prevenir que o óleo penetre.

TOUCAS DE BANHO, PENTES, ENTRE OUTROS

Se aplicar um óleo e colocar uma touca de cabelo e uma toalha, o efeito intensificar-se-á. Os óleos tornam-se mais ativos quando estão em ambientes de pressão mais quentes.

NÃO APLICAR DEMASIADO ÓLEO

Demasiado óleo não irá nutrir nem tornar o cabelo mais fácil de lavar. Existem óleos que consegue facilmente lavar, mas outros que requerem que lave duas vezes o cabelo.

MASSAJE

Depois de aplicar óleo ao couro cabeludo, é uma boa ideia que o massaje. Aumenta assim a corrente sanguínea ativando a raiz do cabelo e os seus folículos.

LAVE OS ÓLEOS SEM SLS, SLES

Os óleos vêm da natureza, não contêm sintéticos, comedogénicos e outras substâncias irritativas. Ao lavá-los com champôs SLS não fará qualquer sentido. Significaria que estava a enfraquecer os resultados dos tratamentos.

LIMPEZA DO COURO CABELUDO

Utilize um champô purificador pelo menos uma vez por mês. Tais produtos são fantásticos para o seu cabelo e couro cabeludo pois removem toxinas, restos de outros produtos ou até mesmo quantidades excessivas de óleos. O champô purificador é também um excelente introdutor aos tratamentos de óleo pois melhoram a absorção dos cosméticos. Deste modo, o seu cabelo absorverá óleos mais fácil e rapidamente.